Brasileiro de tercetos terá medalhista pan-americano

O 14º Campeonato Brasileiro de Tercetos reunirá, em 2019, 72 atletas de 9 estados em Brasília. O torneio, que será realizado no boliche do Shopping Pier 21, nos dias 13,14 e 15 de setembro, contará ainda com a participação de Marcelo Suartz, que trouxe este ano mais uma medalha do Pan para o Brasil. Com a prata nesta edição do Peru, Suartz soma uma medalha de cada cor em Jogos Pan-Americanos. Ouro em Toronto 2015 e bronze em  Guadalajara 2011, o atleta tem 3 das 4 medalhas brasileiras na história do boliche - a outra foi conquistada pela dupla Fabio Rezende e Rodrigo Hermes, em 2007. 

Marcelo jogará no mesmo time de Márcio Vieira - que foi o técnico da seleção nos Jogos do Peru e o primeiro jogador brasileiro a registrar três partidas perfeitas oficiais (quando o jogador alcança 300 pontos, a pontuação máxima após 12 strikes consecutivos na mesma partida) - e do brasiliense Fábio Grossi.   

Os jogos serão realizados na parte da manhã (1ª Divisão Feminina e 1ª Divisão Mista), a partir de 8h30, e da tarde (2ª Divisão Mista), às 14h30. Na sexta-feira, dia 13, será realizada a cerimônia de abertura, às 14h, com participação de todos os atletas e também de autoridades. Foram convidados o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Washington Cerqueira; a secretária nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, Luísa Parente; o secretário nacional de Alto Rendimento, Emanuel Rego; o coordenador geral da Secretaria Nacional de Alto Rendimento, Mosiah Rodrigues; a senadora Leila Barros; os deputados federais Júlio César Ribeiro e Luiz Lima; o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; o secretário de Esporte e Lazer do DF, Leandro Cruz Fróes da Silva; e o deputado distrital Martins Machado, entre outros nomes.

Para Guy Igliori, presidente da Confederação Brasileira de Boliche (CBBOL), entidade que realiza o evento, será uma ótima oportunidade para rever os atletas em ação após os Jogos Pan-Americanos. Ele destaca a parceria de Suartz e Márcio Vieira: "É, no mínimo, curioso, acompanhar as jogadas do Marcelo juntamente com seu técnico. Quem gosta do esporte terá a oportunidade de analisar as estratégias dos nossos campeões".