COB treina chefes de equipe que vão ao Pan para combater assédio e abuso

Em uma ação inédita, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) reuniu chefes de delegação de todas as modalidades antes do Pan de Lima para um curso de orientação contra abuso e assédio. As aulas são resultado da política de "Combate e Prevenção ao Assédio e Abuso Moral e Sexual" no esporte, criada pela entidade para prevenir esses casos. Com orientações e depoimentos, o treinamento deve ser replicado a atletas e técnicos e oferecido ao público gratuitamente.

A chefe de equipe da seleção brasileira de boliche, Karla Redig, participou do curso de orientação de conduta. O conteúdo foi repassado por meio de uma plataforma online e, segundo Karla, as aulas mostraram, entre outras coisas, a necessidade de diferenciar brincadeira e humilhação: "Por exemplo, até onde o batismo em um torneio - que é uma prática comum entre os atletas - passa a ser algo que atrapalha o rendimento? A .iberdade acaba quando começa a do outro e é preciso aprender a respeitar. O curso guia sobre os caminhos que a gente acha que não vão acontecer, mas, infelizmente, acontecem".

Veja a reportagem completa divulgada no SporTV aqui.

Sobre o Pan

Os jogos serão disputados no período de 24 a 30 de julho de 2019. A seleção, formada por Stephanie Martins (SP), Roberta Rodrigues (SP), Marcelo Suartz (RJ) e Bruno Costa (MG), com o técnico Márcio Vieira (RJ), embarca para Lima no dia 21. Os treinos livres serão nos dias 22 e 23, para reconhecimento das pistas. No dia 24 são os treinos oficiais. O torneio começa dia 25, mas o início solene será somente na noite da sexta-feira, 26, com a cerimônia de abertura.

Os brasileiros disputarão provas nas categorias Individual Masculino, Individual Feminino, Duplas Masculinas e Duplas Femininas. A programação prevê medalhas a partir do dia 27, data de premiação das duplas. Nos dias 28 e 29 são as partidas individuais e no dia 30 são as semifinais e a final, com a entrega de medalhas a partir das 18h30.  No dia 31, a seleção embarca de volta para o Brasil.