NewsLetter da World Bowling sobre regras para furação de bola.

Para: Federações filiadas a World Bowling.

Recebemos inúmeras dúvidas sobre as novas especificações para bolas de boliche. Sendo assim a newsletter #12 vem circulando até a o congresso de 2019, para explicar a situação atual:

O Comitê Técnico recomendou algumas alterações quanto furação de bolas de boliche, essas efetivas a partir do dia 1º de janeiro de 2019. A recomendação foi aprovada de forma unanime pela Mesa Diretora, e terá efeito até que o Congresso que será realizado em setembro de 2019 o aprove de forma definitiva. As mudanças se encontram assinaladas em vermelho:

11.12               Especificações de furação

11.12.1            As seguintes limitações definidas a seguir, passarão a prevalecer quanto a furos numa bola de boliche.

11.12.2           Furos utilizados na hora do arremesso, não podem passar de 5, e limitados a um furo por dedo mais o dedão, todos da mesma mão. O jogador não necessita utilizar todos os furos em uma determinada jogada, mas é preciso demonstrar que é capaz de preencher todos os furos com a mesma mão em um arremesso. Todo furo de dedão (“thumb hole”) que não for utilizado no arremesso será considerado um furo de balanço (“balance hole”).

11.12.3           (até 1º de agosto de 2020), pode ser utilizado um furo de balaço não excedendo o diâmetro de 1 ¼ de polegada (31,8 mm). (Incluindo o arredondamento da borda)

11.12.4           Máximo de um furo para ventilação para cada dedo ou dedão, não excedendo o diâmetro de ¼ de polegada (6,4 mm). (Incluindo o arredondamento da borda)

11.12.5           Máximo de um furo utilizado para inspeção, com o limite de 5/8 de diâmetro (15,9 mm) e 1/8 de profundidade (3,2 mm).

11.13              Balanceamento da bola de boliche (Balance).

11.13.1           As seguintes tolerâncias devem ser respeitadas ao se furar uma bola de boliche, para utilização em torneios oficiais.

11.13.2           Ter mais de 10 libras (4,53 kg), a) uma tolerância máxima de 3 onças (85 g) de diferença entre a metade de cima da bola onde se encontram os furos dos dedos, e a outra metade. (parte sem os furos dos dedos) (top and bottom weight)

b) (não será mais válido após o dia 1º de agosto de 2020), tendo como base o centro da pegada (center of grip, observar o anexo 1):

 Limite de 1 onça (28 g) entre o lado esquerdo e o direito da bola de boliche (side weight).

c) não será mais válido após o dia 1º de agosto de 2020), tendo como base o centro da pegada (center of grip):

 Limite de 1 onça (28 g) entre a parte de cima da pegada (fingers) e a parte baixa da pegada (thumb) (thumb/finger weight).

11.13.3           Para bolas sem furo de balaço (balance hole) um limite de 3 onças (85 g) entre quaisquer duas metades da bola de boliche, o mesmo é considerado para uma bola utilizada sem nenhum furo. Essas definições passam a ter validade no dia 1º de janeiro de 2019.

Anexo 1 – Determinando o centro da pegada (center of grip).

1.1                   Para determinar o centro da pegada, é preciso medir da parte mais baixa dos furos dos dedos (fingers) a parte mais alta do furo do dedão (thumb).  Se mais de dois dedos forem utilizados define-se uma média dos dedos até o dedão.

1.2                   Vale frisar que no caso de utilização de plugs, deve se considerar a parte interna do furo onde o dedo encosta. (Exemplo figure 7)

1.3                   A seguir alguns exemplos de meio da pegada. Lembrando que com a nova regra jogadores que não usam o polegar (thumb) sempre será considerado o centro da pegada o meio dos dedos (finger). (Exemplo Figure 8)

1.4                   Bola para jogadores que não usam o dedão, devem ter marcado na superfície da bola o centro da pegada (center of grip).

* Tradução e Imagens John O'donnell Jr.