Um brasileiro na World Bowling

O presidente da Confederação Brasileira de Boliche (CBBOL), Guy Igliori, agora faz parte do Comitê Executivo da Confederação Mundial de Boliche (World Bowling): "É uma ótima oportunidade de expor novas ideias para nosso esporte, participar de decisões diretamente e contribuir com o esforço para nos tornarmos um esporte olímpico", garante Guy. 

É a primeira vez que um brasileiro ocupa uma posição como esta mundialmente. O comitê é formado por 12 membros: "Cada continente indica pessoas para participar e sou uma delas, o que me enche de orgulho. É uma honra poder ocupar um posto chave para decisões mundiais do esporte", destaca o presidente da CBBOL. Além dos representantes das Américas, Europa, Ásia, Oceania e África, também entram na conta o presidente da World Bowling, dois vice-presidentes e um representante dos atletas - até 2020 essa será a função da colombiana Clara Guerrero.

"Muita coisa já está sendo feita, porém ainda precisamos mudar outras no sentido do olimpismo", explica o dirigente brasileiro.  Igliori é também o 2º Vice-presidente da PANAM (ex-PABCON) e da Confederação Sul-Americana.

Eleição

Durante o Congresso da World Bowling 2019, realizado no começo de setembro, em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos - com a presença de 46 procuradores de 58 Confederações - o xeque Talal Mohammad Al-Sabah, do Kuwait,  foi reeleito como presidente da entidade - que, anteriormente, era conhecida como WTBA / FIQ. O órgão mundial do esporte é formado por cerca de 150 países e tem o papel de regular, popularizar e promover o boliche e o desenvolvimento das Federações.

O próximo congresso será realizado no Campeonato Mundial de 2021, no Kuwait.

Confira a formação atual do comitê aqui. 

(Com informações do site www.boliche.com.br)